Greenz
Uma nova era começa no mundo digital
por Greenz Digital

Se você tem ouvido um burburinho por aí sobre a “Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais” no Brasil, mas até agora não entendeu bulhufas o que é isso, hoje é seu dia de sorte! Estamos aqui para sanar as suas dúvidas – ou pelo menos tentar.

Uma explicação bem básica da situação

Em meados de maio, houve todo um movimento sobre o assunto na Europa quando a União Europeia começou a executar a GDPR (General Data Protection Regulation), onde toda e qualquer empresa que colhe algum dado pessoal de um cidadão da UE precisará ter uma permissão clara do usuário para poder pegar e compartilhar suas informações.

Bem, fazia um tempo que um projeto de lei muito parecido estava sendo discutido aqui pelo Brasil. E recentemente, no dia 10 de julho, que a “PLC 53/2018” (a tal da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais), foi aprovada pelo Congresso e enviada para o Presidente, que a sancionou no dia 14 do mesmo mês. As empresas terão um ano e meio (18 meses) para se adaptar antes da lei entrar, de fato, em vigor.

Esse projeto aplica a mesma mecânica da GDPR aqui no Brasil e dá à pessoa uma proteção garantida pela lei de que nenhuma empresa pegará seus dados sem um consentimento explícito, podendo corrigir, revogar e ter controle sobre suas informações coletadas; também dá acesso à informação do que a empresa faz com seu dado, com quem partilha e porque ela precisa dele; e, além disso tudo, dá uma garantia legal para as empresas.

Mas, afinal, no que isso implica nós, comunicadores – e em especial publicitários?

Chegando ao ponto

Certamente, essa lei trará o peso e a tensão de uma grande responsabilidade para as campanhas digitais direcionadas. Mas não há com o que se preocupar. Será algo passageiro, recorrente do impacto que ela terá no meio.

Com essa lei, o relacionamento entre marca e consumidor será ainda mais transparente; as ações e comunicação online terão uma qualidade mais refinada; o mercado e as plataformas precisarão adaptar e atualizar suas áreas e profissionais para atender às novas normas; haverá um aumento da confiança do público para com as empresas, pois terão a liberdade de escolher para quem e para que fins entregarão seus dados… Enfim! Muitas coisas mudarão.

E aí, entendeu o que é essa lei e porque ela é tão importante para a comunicação? A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais chegou para abalar – do melhor jeito – as condutas tradicionais da comunicação e forçar uma evolução no modo como nós pensamos e fazemos campanhas e, consequentemente, do próprio mercado.

 

*por Alex Canpe | Redator na Greenz

Deixe um comentário